carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Os Amigos de Jesus

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Os Amigos de Jesus

Livro Ruim - 1 comentário

  • Leram
    1
  • Vão ler
    2
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    0

Autor: E Percy Ellis

Editora: Ecpad

Assunto: Evangélico

Traduzido por: Não Consta Tradutor

Páginas: 211

Ano de edição:

Peso: 255 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Ruim
Marcio Mafra
26/10/2004 às 17:56
Brasília - DF

Do prefácio ao apêndice - sem qualquer desrespeito ao autor - um grande conto da carochinha. O livro é bobinho, além de chato. O autor resolve apresentar cada um dos apóstolos de Jesus, como se fossem seus amiguinhos desde a infância e que foram rolando pelo mundo, até a idade adulta quando eles teriam virado seus apóstolos.Bestagem da grossa.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

A história dos 12 apóstolos apresentados como amigos de Jesus.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Deus escolheu as coisas vis deste mundo e... As que não são, para confundir as que são" Tiago, o obscuro, foi contado entre os doze! Quase nada sabemos dele. Não sabemos também se foi irmão ou filho de Alfeu; nem sequer isto! Mas sem ele o grupo dos doze amigos de Jesus seria incompleto. O Filho de Deus o escolheu e ... Lá está. A história está cheia de exemplos de coisas, em si mesmas obscuras, servindo de instrumentos para grandes transformações na vida humana. "Deus deve apreciar muito o capim", disse uma menina; "Ele fez tanto capim." No ano de 1.120, um homem chamado Rahere, homem de vida irregular, deixou a corte corrupta do rei Henrique I, da Inglaterra, para viajar. Chegando, depois de algum tempo, ao sul da Itália, foi picado por mosquito (o anopheeles de nossos dias). Resultou disso o nefasto impaludismo no corpo de Rahere e um arrependimento profundo em seu espírito. Então fez ele um voto a Deus que se sarasse, consagraria o resto da sua vida ao seu serviço. Tornou-se um monge e, como resultado de um sonho, pediu ao rei Henrique I um lote de terreno no centro de Londres e fundou o hospital de S. Bartolomeu. Um mosquito! James Watt, quando menino, um tanto vadio, estava observando o vapor sair do bico da chaleira. "Mamãe" disse ele, "há um gigante na chaleira"! Foi o precursor da locomotiva! E daí o motor de explosão! Num dos estados da América do Norte, existe um telhado colocado de maneira que as gotas de chuva, que caem de um lado, descem pela sargeta, unem-se a um córrego e, finalmente, chegam ao oceano Pacífico. As que caem do outro lado do telhado, descem por outra sargeta, correm por outro córrego e terminam no oceano Atlântico Diferença de uns poucos centímetros! "Nem um passarinho cairá em terra sem a vontade de vosso Pai ", disse Jesus.... E que diremos da ponta da lança do soldado que traspassou o lado do Salvador, derramando o sangue que nos purifica de todos os pecados? O que sabemos deste homem pode ser escrito em uma de nossas unhas! Mais não é assim que Deus avalia a vida de um irmão obscuro. Quantos sermões têm sido pregados sobre a curta frase "Quarto, um irmão"; mas há outros ainda: Epafras! Quão pouco sabemos dele! Aparece como "combatendo sempre em oração", nunca no púlpito! Mas ele servia na igreja de Cristo, em Colossos. Que diremos da jovem criadinha da mulher de Naamã, o sírio? Apenas uma criadinha, mas os destinos do reino da Síria, sim e de Israel também, foram influídos pela cura do general, tudo devido a uma palavra acertada, num momento propicio, proferida pela criadinha.... Poderíamos multiplicar casos; mas voltemos ao nosso homem, Tiago, o "de Alfeu". Sabemos apenas duas coisas a respeito dele, com certeza: que seu nome era Tiago e que era amigo de Jesus. Nos três Evangelhos sinóticos e nos Atos e chamado "Tiago, o de Alfeu" - Se irmão ou filho, não sabemos ao certo. Seria difícil saber menos; não precisamos saber mais. O seu grande valor para nós consiste justamente em sua obscuridade. Se era filho de Alfeu, então era irmão de Mateus. Parece que foi enviado com Judas Lebeu na missão dos doze. Juntando tuto, temos "um certo homem". Tiago, parente de Alfeu, escolhido pelo Senhor, depois de uma noite de oração, para ser apóstolo e dar o seu testemunho com os outros.


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Não há historia deste livro


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2020
Todos os direitos reservados.