carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Memorial de Aires

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Memorial de Aires

Livro Excelente - 1 opinião

  • Leram
    2
  • Vão ler
    3
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    3

Autor: Machado de Assis

Editora: Sedegra

Assunto: Romance

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 189

Ano de edição: 1962

Peso: 375 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Excelente
Marcio Mafra
18/09/2004 às 11:00
Brasília - DF

Após escrever as obras primas Dom Casmurro, Memórias Póstumas de Brás Cubas e Quincas Borbas, Machado de Assis escreve o "memorial". Não é um romance de fácil entendimento, mas também não é mega complicado. Por vezes a história do Conselheiro fica um pouco chata e até monótona, Memorial de Aires é a evidência de que o escritor não fazia concessões de estilo. Existem muitas passagens do romance, reflexões e falas dos personagens, que parecem ser autobiográficas, pois o livro foi escrito - em forma de diário - quando Machado era viúvo. Excelente leitura.


Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

A história da "prestação de contas conjugal" do Conselheiro Aires, viúvo e pudico, sempre no limiar do cometimento do adultério.

Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

 

Para baixar ou visualizar o E-BOOK é necessário logar no site.
Clique aqui! para efetutar seu login.

 

Não tem uma conta?
Clique aqui e crie a sua agora!

 

 

 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2018
Todos os direitos reservados.