carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

As Aventuras de Peter Pan

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
As Aventuras de Peter Pan

Livro Ruim - 1 comentário

  • Leram
    3
  • Vão ler
    5
  • Abandonaram
    0
  • Recomendam
    1

Autor: Walt Disney

Editora: Vecchi

Assunto: Crianças

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 30

Ano de edição: 1955

Peso: 435 g

Avalie e comente
  • lido
  • lendo
  • re-lendo
  • recomendar

 

Ruim
Marcio Mafra
08/07/2002 às 15:58
Brasília - DF
As Aventuras de Peter Pan, não chega a ser um livro. É um simplório, quase ingênuo album de figurinhas, contendo a história do Peter Pan, representada por aproximadamente 150 figurinhas, coladas em ordem crescente. Como leitura pouco, ou nada, vale. Como lembrança é uma inigualável preciosidade.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

A história de Peter Pan, um menino que não queria crescer e vivia na ilha do nunca, onde as crianças são os senhores.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Após um curto voô, Peter Pan pousou no peitoril da janela que Wendy recomendara à mãe que deixasse aberta e fez sinal à Tlintlim para que o seguisse cautelosamente...


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
18/01/2013 às 19:17
Brasília - DF

Este livro é formado por um álbum de figurinhas da história do Peter Pan. Assim como é praticado nos dias de hoje, na época também se adquiriam envelopes com algumas poucas figurinhas que iam sendo coladas no álbum, até completá-lo. Sem nenhuma confirmação, consta que o álbum foi completado em 1955 e encadernado um ou dois anos depois. Sei que a compra das figurinhas, a coleção, o álbum, a colagem e depois sua encadernação, foram obtidos pelo carinho de minha avó materna, Maria José Borges - de quem - segundo inconformadas línguas, era eu o neto preferido. Além de umas raras fotos, provavelmente este álbum, encadernado como se fora um livro, seja a única referência ou lembrança material, que possuo do tempo em que eu era criança. Guardá-lo - quase incólume - por 47 anos foi um acaso. Hoje, porém, é uma grata e feliz lembrança do carinho de minha avó materna Maria José Borges.


 

Receber nossos informativos

Siga-nos:

Baixe nosso aplicativo

Livronautas
Copyright © 2011-2019
Todos os direitos reservados.