carregando

Aguarde por gentileza.
Isso pode levar alguns segundos...

 

Você está aqui Principal / Livros / Diário de Um Magro

Diário de Um Magro

Para usar as funcionalidades você precisa estar logado(a). Clique aqui para logar
Erro ao processar sua requisição, tente novamente em alguns minutos.
Diário de Um Magro

Livro Ruim - 1 opinião

  • Leram
    1
  • Lendo
    0
  • Vão ler
    1
  • Relendo
    0
  • Recomendam
    0

Autor: Mário Prata

Editora: Planeta

Assunto: Crônica

Traduzido por: Livro Editado em Português do Brasil

Páginas: 141

Ano de edição: 2011

Peso: 180 g

comentar
  • lido
  • lendo
  • vou-ler
  • re-lendo
  • recomendar
tenho
trocar
empresto
doar
aceito-doação
favorido
comprar
quero-ganhar

 

Ruim
Marcio Mafra
20/12/2014 às 23:53
Brasília - DF
Qualquer livro reeditado 15 anos após a sua primeira edição tem que ser bom.
Mario Prata é assim, autor pra lá de melhor, embora este livro seja pobre, ridículo e irônico.
Pobre porque as piadas são as mais bobinhas, mais comezinhas, as mais batidas que existem.
Ridículo porque um autor da dimensão de Mario Prata escreve um livro no formato de diário. Diário é coisa de escritor iniciante.
Irônico porque começa a ironia pelo título: Diário de Um Magro remete ao Diário de Um Mago, do Paulo Coelho.
O livro contém frases, pensamentos, citações de Luís Fernando Veríssimo, Antonio Fagundes, Fernando Morais, sacadas de autoajuda, manchetes de jornais e menções de algumas doenças.
Notícias desconexas, despidas de qualquer sentido lógico.
Bestagem pura.
Pior disso tudo é que o livro é sucesso há mais de 15 anos.
Morro e não vejo tudo.
Pra mim não vale a leitura.

Marcio Mafra
21/12/2014 às 00:00
Brasília - DF

A experiência de um magro, o autor Mario Prata, da casa dos 70 quilos, na ocasião em que ele “cai de paraquedas”, durante 15 dias, num SPA que só recebia gordos. 

Marcio Mafra
21/12/2014 às 00:00
Brasília - DF

Doutor Castanho (médico do coração)


A obesidade é por nós encarada, literalmente, como uma doença, doença esta que está atingindo proporções epidêmicas em todo o mundo industrializado, abreviando a sobrevida das pessoas e afetando sobremaneira a qualidade de vida sensu lato.

Dentre todas as especialidades médicas envolvidas ou interrelacionadas à obesidade, sem nenhuma dúvida a cardiologia é a mais atingida, pois as pessoas obesas, além de terem uma prevalência aumentada das principais patologias cardíacas, como infarto do miocárdio, angina do peito, hipertensão arterial, insuficiência cardíaca congestiva e as dislipidemias, a obesidade dificulta enormemente o controle dessas patologias, sendo, portanto, responsável por morbimortalidade bastante significativa.


Assim sendo, achamos que as autoridades, tanto as políticas quanto as de saúde, deveriam estar com os olhos bem abertos para com essa patologia que, apesar de estar contribuindo
com e provocando a morte de inúmeras pessoas, nós não a vemos em nenhum atestado de óbito como causa mortis.

 

Curinga VI


Caruso já está na portaria com a namorada Maria Eugênia.

Vou até lá. O Fernando jogando buraco no restaurante.

- E então?

- Debaixo do banco do carona.

- E onde está o carro?

- O manobrista foi estacionar.

- Boa viagem?

Eis que entra Juca, o manobrista. Na mão direita, as chaves. Na esquerda, dentro de um saco de plástico, ela. A garrafa de uísque!

Não diz nada. Entrega para a recepcionista, que pega a garrafa como quem pegasse num saco qualquer e, com a maior tranquilidade, some com ela. Eu e o Caruso ficamos olhando a garrafa entrar numa gaveta, uma chave a trancar. Ela volta ao Caruso e continua a preencher a ficha dele como se nada tivesse acontecido.

Eu e Paulo nos olhamos. Tristes. Em silêncio. Nunca estivemos tão sóbrios em nossas vidas. A recepcionista pergunta:


- Religião?

Caruso:

- Católica.

 

Determinado

Sou muito determinado. Isso é muito importante durante o regime todo."

 

Tempo


O tempo, o tempo. O amor tem mil inimigos, mas o pior deles é o tempo. O tempo ataca em silêncio. O tempo usa armas químicas."


Nenhuma informação foi cadastrada até o momento.

Marcio Mafra
21/12/2014 às 00:00
Brasília - DF

Comprei o livro - Diário de Um Magrao -  numa passada pela livraria. Comprei pelo nome do autor.


 

Para baixar ou visualizar o E-BOOK é necessário logar no site.
Clique aqui! para efetutar seu login.

 

Não tem uma conta?
Clique aqui e crie a sua agora!